Praia de Boa Viagem: Celeiro de Campeões!!!!
Sol, praia e a brisa do mar são um convite à vida. Toda cidade litorânea tem os ingredientes para que seu povo tenha um estilo de vida saudável por meio da atividade física. No Recife, existe um local onde o vollei de praia ganham mais espaço: Quadra em frente ao edificio Portugal, na pria de Boa .La voce encontra a fórmula do sucesso tanto na realização de competições como no desenvolvimento de talentos. Conhecida mundialmente como a quadra que fabrica campeos, vem ganhando cada vez mais espaço na preferência dos atletas e se consolidando como centro nacional do volei de praia.



Desde as 7h da manhã diariamente você terá a honra de conhecer de perto o Lula, Campeão do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia em 97; Vice-campeão do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia em 98; Eleito o melhor jogador do vôlei de praia brasileiro em 98; Medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg em 99; Vice-campeão do Rei da Praia em 2001 e terceiro colocado em 99; Hexacampeão do circuito espanhol, nas Ilhas Canárias em 95, 97, 98, 2000, 2001, 2002; Campeão da etapa Challenger do Chile do Circuito Mundial 98,Adriano, Eleito o melhor levantador do vôlei de praia brasileiro em 2000/2001/2002/2006; Campeão do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia em 97; Vice-campeão do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia em 98; Medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg em 99; Hexacampeão do circuito espanhol, nas Ilhas Canárias em 95, 97, 98, 2000, 2001, 2002; Rei da Praia pernambucano de 2004; Campeão da etapa Challenger do Chile do Circuito Mundial 98; Murilo, Campeão das duas etapas Challenger do Circuito Mundial 2001, na Grécia e na Ucrânia; Campeão da etapa Sattelite da Suíça do Circuito Mundial 2001; Campeão da etapa Challenger de Aracaju do Circuito Banco do Brasil 2003; Eleito o melhor jogador da etapa de Vitória do Circuito Mundial, em 2001; Campeão da etapa de Atenas do circuito da Grécia de 2002; Eleito o melhor jogador do circuito grego em 2002 ; Georg Medalha de bronze no Campeonato Sul-Americano Sub-19 de vôlei de praia, no Uruguai, em 2002 ; Medalha de prata no Campeonato Brasileiro Sub-21 em 2004; Vice-campeão pernambucano em 2003; Quinto colocado na etapa de Recife do Circuito Banco do Brasil 2005, ao lado de Adriano; Campeão pernambucano invicto ao lado de Murilo 2005 e como o volei e de praia, nao poderiamos deixar de citar as musas deste esporte, como por exemplo:



Nome: Carla Olímpio Lira
Cidade: Maceió (AL), mas joga por Pernambuco
Nascimento: 16/05/82
Altura: 1,77m
Peso: 64kg

Histórico: 
Começou a jogar vôlei aos nove anos, em Recife, na escola Agnes e depois foi para a AABB. Recebeu proposta para jogar no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, onde permaneceu durante três anos. Também foi levantadora na equipe de S. J. dos Campos. Carla foi convocada para a seleção brasileira juvenil. Foi campeã sul-americana da categoria e quinta colocada nos Jogos Mundiais da Juventude, na Rússia. Disputou a Suérliga 2002/2003 pela equipe de Brusque, e, em seguida, optou pelo vôlei de praia. Das quatro primeiras etapas que participou ao lado de Maria (PE), passou do qualifying em três, o que a motivou ainda mais para permanecer nas areias. Ao ser convidada pela campeã olímpica Jacqueline para jogar, mudou-se para o Rio de Janeiro em 2004. Carla gosta de ler, de ouvir música e de dançar. 
 
Principais Resultados:
» Na quadra:
» Campeã sul-americana com a seleção brasileira juvenil em 99
» Quinta colocada nos Jogos Mundiais da Juventude na Rússia
» Campeã pernambucana infanto-juvenil pela AABB
» Campeã paulista infanto-juvenil pelo Pinheiros
» Vice-campeã paulista juvenil pelo Pinheiros
» Na praia:
» Medalha de bronze na etapa Challenger do Circuito Banco do Brasil em Manaus (2005) 
 
Carla e Maria Elisa asseguram 1º pódio

Uma das duas mais jovens atletas do vôlei de praia brasileiro, Carla, 22 anos, desabafou quando subiu no pódio pela primeira vez em uma etapa do Circuito Banco do Brasil. “Quero me acostumar com isso e espero que vire um vício. Acho que as nossas adversarias sentiram um pouco o cansaço. Sabíamos que se a gente tivesse um pouco mais de gás, conseguiríamos a vitória”, ressaltou Carla, que já está embarcando para a proxima etapa do volei de praia na cidade de Teresina-Piaui.Pensando na etapa ela falou. “Queremos subir mais um degrau”, completou a atleta de Pernambuco.

PROJETO: RENOVAÇÃO DO VÔLEI DE PRAIA DE PERNAMBUCO
 
O Brasil é o país onde se pratica e administra o melhor voleibol do mundo, título conferido pela Federação Internacional de Voleibol, em fevereiro de 2000, em reconhecimento pelas conquistas esportivas (mais de cem títulos nos últimos dez anos), pela excelência gerencial e programas sócio-esportivos implantados pela CBV em todo o Brasil.

Em todos os torneios internacionais, o hino nacional é freqüentemente executado graças à presença constante das equipes brasileiras nos pódios de todas as categorias. A fim de mantermos nossa liderança no cenário mundial, precisamos que uma constante renovação se faça presente, revelando atletas com perfil adequado às exigências internacionais atuais.

Pensando nisso, o Professor e Tecnico Adalberto, vem desenvolvendo treinamentos diarios a nossa maior atleta do Volei de Praia, Carla Lira. Os treinos sao realizados todas as manhas das 7h as 10h na quadra em frente ao Edf.Portugal, localizado na avenida Boa Viagem-Recife/PE.

Dificuldades
Apesar de todo o sucesso como jogadora de volei de praia, Carla Olimpio Lira lamenta a falta de patrocinadores. “Com certeza, durante esta minha trajetória, a principal dificuldade foi à financeira. Os custos para participar de competições fora do estado são altos e a falta de patrocínio prejudica bastante. Os empresários deveriam estar dispostos a investir no volei de praia. Muitos atletas desistem do esporte devido não ter este apoio”, desabafa o a alagoana que faz um apelo aos empresários. “Levar o nome de Pernambuco para fora é uma honra muito grande, mas necessito de um patrocinador para colaborar com minhas viagens”.
Contato para patrocinio atraves do e-mail  carla1volei@hotmail.com

SACA ESSA!!!



Para você que se julga em forma, aqui vao os PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO DE ATLETAS NO CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE VÔLEI DE PRAIA

É necessário ter registro na CBV para poder participar do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia (CBBVP);
 
O registro poderá ser feito através de qualquer federação estadual (Os endereços das federações estão disponíveis no nosso site, www.volei.org.br);
 
Uma vez cumpridos os procedimentos para registro (procedimentos descritos abaixo) e após a autorização do presidente da federação em que foi solicitado o registro, o atleta já poderá ser indicado para participar das etapas do CBBVP;
 
O atleta receberá um número e sigla da federação de registro, como forma de identificação. Ex: Carla Barros de Azevedo, Nº 2345 (nº do registro), ES (Estado pelo qual está se registrando);
 
Não precisa ser natural, nem residir no Estado para se registrar pelo mesmo;
 
Cada Federação tem direito de indicar até 8 duplas (4 masculinas e 4 femininas) para cada etapa do CBBVP (A federação sede poderá indicar até 6 duplas masculinas e 6 duplas femininas);
 
Transferências só são permitidas para a Federação Estadual de origem do atleta (Federação do Estado em que nasceu);
 
Não há limite de idade para fazer seu registro;
 
O próprio atleta ficará encarregado de arranjar parceiro para inscrição nos torneios;
 
Não é preciso que os dois atletas sejam registrados pela mesma federação para participarem;
 
A indicação poderá ser feita por qualquer federação de registro dos atletas que formam aquela dupla;
 
Os critérios de indicação das duplas para participarem das etapas do CBBVP serão determinados por cada federação.

PROCEDIMENTO PARA REGISTRO E RENOVAÇÃO DE ATLETA DE VOLEI DE PRAIA



INSCRIÇÃO: O atleta deverá encaminhar os seguintes documentos fazer seu primeiro registro em qualquer federação:

2 fotos 3 X 4;

Atestado médico;

Cópia de Identidade ou certidão de nascimento;

Cópia do depósito de pagamento da taxa de inscrição de R$ 20,00 (vinte reais) feito na conta corrente abaixo:
BANCO DO BRASIL
CONTA CORRENTE: 105.208-X
AGÊNCIA: 3073-2

RENOVAÇÃO: Para renovação, que deverá ser feita anualmente, o atleta deverá apresentar a federação os seguintes documentos:

Atestado médico;

Cópia do depósito de pagamento da taxa de renovação de R$ 20,00 (vinte reais) feito na conta corrente abaixo:

BANCO DO BRASIL
CONTA CORRENTE: 105.208-X
AGÊNCIA: 3073-2




Voltar
____Topo____Adiante
Notícias - Home
 

























Todos os direitos reservados www.acaoeaventura.com.br
facebook